Bastidores #04 – Áreas de atuação no ramo de Board Games

Eu quero trabalhar com Jogos! Mas… como?!

Se minha batata assasse um pouco mais cada vez que me perguntam como eu, o Gato Batata, chegou onde chegou, eu certamente teria passado do ponto. É verdade que queremos – e muito – que as pessoas levem mais a sério o hobby, as capacidades do ludismo e tudo que envolve esse universo, mas é tanta coisa para se descobrir! Tanto território para cobrir! Muitas vezes alguém quer trabalhar com jogos, mas não sabe por onde começar, o que fazer, e acaba se afastando ou ficando perdido no meio do caminho.

Com a gente não foi diferente, sabe? Existem muitas nomenclaturas em cada um dos setores do conhecimento, e pode ser muito difícil chegar em algum lugar sem saber como as coisas funcionam. Pensando nisso, tento eu aqui, humildemente, trazer um pouco de luz e explicar as áreas envolvidas no universo dos jogos.

Que fique claro que, apesar de estar envolvido até o pescoço com o jogos, e apesar de Senhor e Senhora Meow terem passado por uma faculdade de Jogos Digitais, o que vai ser dito aqui pode não ser absoluto, mas talvez te ajude muito, ó entusiasta do mundo dos jogos, a entender melhor como funcionam as coisas. Ah, aliás, vamos focar um pouquinho mais nos jogos de mesa ou, como são comumente chamados hoje, jogos analógicos. Vamos lá?

As Entidades por Trás de um Jogo

Estúdio – É muito fácil confundir uma editora por um estúdio, e até mesmo um estúdio por um único designer. É o estúdio que cuida da parte criativa mais primária de um jogo. É uma equipe formada por profissionais diferentes que cuidam das ilustrações, mecânicas e regras de um jogo de forma mais primal. Essas pessoas se preocupam mais com a mensagem, com a diversão, com o conteúdo em si, e não no jogo como produto. É claro que fazer o jogo já pensando em seu aspecto mercadológico é importante, mas não são eles que definem exatamente o que são esses detalhes. Os estúdios vendem seus títulos para que outras empresas produzam, ganhando uma porcentagem do lucro ou, dependendo do caso, um valor fixo pela obra. Podem existir, é claro, muitos casos de estúdios trabalhando sob demanda para editoras ou até mesmo outros tipos de empresas.

Editora – O estúdio produziu um jogo interessante, e a editora comprou a ideia. Agora o filho é, em maior parte, deles, e eles serão responsáveis pelo polimento final. Muitas vezes, devido ao estilo editorial de uma marca, um jogo pode sofrer modificações para se adequar ao que a equipe pensa ser o melhor para o mercado. É a editora quem dita essas regras. O marketing, o lançamento, as revisões, a educação dos lojistas, isso tudo é a editora quem faz. É a cola que gruda tudo (ou deveria grudar), o gerenciamento de todo o projeto. Existem editoras que trabalham mais com lançamento de jogos novos, enquanto outras se incubem da árdua tarefa de importar e traduzir títulos mundialmente famosos. Tudo depende da linha e da filosofia da equipe. Algumas editoras podem possuir, também, estúdios ou outras entidades embutidas em sua estrutura.

Gráfica – Mas se você pensou que é a editora quem de fato imprime e produz os componentes dos jogos, você está enganado! Existem gráficas por trás disso, gráficas muitas vezes especializadas ou que, no mínimo, precisam ser treinadas para esse tipo de produção. Não basta fazer um monte de cartas, tem que tomar cuidado com o corte para que nenhuma carta fique marcada, para que os tabuleiros fiquem da espessura certa, entrem na caixa e etc. A editora faz sim as revisões desses materiais, mas é a gráfica que produz. Muitas gráficas, inclusive, se recusam a trabalhar com esse tipo de produção, justamente pelo excesso de cuidados e detalhes necessários para se trabalhar com um jogo.

Montadoras – São equipes um pouquinho mais diferentes das anteriores. Uma montadora não é uma gráfica, pois muitas vezes não possui, de fato, as máquinas de impressão, mas também não é uma editora para saber exatamente os porquês de cada uma das revisões, mas são sim a equipe que fica no meio do caminho. Montadoras são equipes de Quality Assurance, por assim dizer, que cuidam do contato com diversas gráficas especializadas e sabem o que as editoras querem para ficar em cima com revisões e análises dos materiais. São eles também que montam a caixa do jogo final, organizando e “filmando” (colocando plastiquinho) tudo. Montadoras reduzem a dor de cabeça de editoras e das gráficas, fazendo essa ponte mais que necessária para tudo sair certo.

Distribuidora – É, basicamente, quem coloca os jogos nas lojas. Em alguns casos, é claro. Muitas vezes, para uma loja, vale mais a pena comprar vários jogos do mesmo lugar e pagar um único frete do que comprar separadamente de cada uma das editoras. Editoras pequenas, na verdade, podem sair em grande desvantagem se não optam por formar parcerias com boas distribuidoras, uma vez que possuem poucos produtos, e não vale a pena, para o lojista, comprar 10 jogos iguais só para ganhar o tão querido frete grátis. É a logística por trás do processo, ou ao menos boa parte dela.

Lojista – É o estabelecimento onde você compra os jogos. Você entra na loja (física ou virtual), vê o jogo que te interessa, faz umas perguntas sobre as mecânicas e o tempo de jogo, compra, ganha descontinho, e é isso. Acho que não tem muito mistério aqui, né?

Luderia – É o estabelecimento onde você compra comida, e paga um pouquinho a mais para poder jogar. Geralmente possui monitores treinados, que são como garçons, mas que te servem os jogos e não a comida. É o lugar onde você quer ir pra encher a pança e jogar ao mesmo tempo.

Ludoteca / Ludolocadora – É o estabelecimento onde você paga pra jogar, e ocasionalmente compra uma comida pra não morrer de fome. Muitas ludotecas também fazem locação de jogos, onde você paga um preço X para levar aquele jogo que você gostou muito pra jogar com pessoas que você gosta muito, mas que não gostam muito de ir nesses lugares ou sair de casa – ou não têm tempo, ou algo assim. É um ótimo lugar para game designers, ilustradores e outros seres desse tipo procurarem inspirações e estudar jogos pra valer. Mas também é um ótimo lugar para jogar por um bom tempo.

Monitoria Especializada – Sim, existem profissionais especializados em fazer monitoria de jogos! Que podem comparecer nos eventos para dar suporte e ensinar jogos! Podem ser contratados por editoras que estão ocupadas demais com a produção de um jogo para comparecerem pessoalmente nos eventos; por organizadores de eventos que querem seus eventos ainda melhores; por estúdios, que querem testar seus jogos e receber um feedback valioso; ou até mesmo por empresas que querem fazer um evento diferente e ter um pouco de ajuda especializada para atrair o público com jogos.

Divulgadores de conteúdo – Seja divulgando em mídia escrita, podcast ou audiovisual, são eles que dão aquele “empurrãozinho” para que os lançamentos e as novidades do mercado cheguem ao público, e também dão todo o suporte para o mesmo conhecer e selecionar melhor as suas preferências e possíveis aquisições. Geralmente esses divulgadores se apresentam ao público como um “canal”, seja por blog ou youtube, e podem realizar desde matérias jornalísticas mais tradicionais, até resenhas críticas e gameplays.

Organizadores de Evento – E é claro que a melhor forma de trazer e reunir pessoas para o hobby é realizando eventos. Alguns deles são bem pequenos e regionais, mas existem outros bem maiores e que buscam um público extenso. Os organizadores de eventos geralmente contam com apoio e patrocínio de Editoras e Lojistas, numa forma de parceria de divulgação. Existem eventos gratuitos e pagos, de todos os tipos e para todas as idades. Em alguns, o foco é jogar novos lançamentos, enquanto outros focam em conhecer jogos ainda não lançados, em fase de prototipação.

 

Ufa! Acho que já falei boa parte do que você pode encontrar nesse ramo. Com certeza há várias outras pequenas áreas relacionadas de alguma forma ao mundo dos jogos de mesa, mas vou deixar você conhecê-las por experiência própria, ok?

É um exercício e tanto ir atrás de conhecer ao menos uma empresa de cada uma dessas entidades, mas é bem interessante para o profissional que quer entrar nesse meio. E agora, bem, você não tem desculpa para não trabalhar com jogos! Desde produção artística a administração, logística, prestação de serviços, ou o que quer mais que você possa querer! Sempre existe uma empresa que trabalha com aquilo que você quer ser + jogos. Acredite nesse tubérculo felino aqui, existe.

Bem, é claro que essa separação de tarefas nem sempre é tão clara, nem tão bem executada assim, ou simplesmente não é feita dessa forma. Às vezes por falta de tempo, falta de capital, ou qualquer outra coisa, uma empresa pode abraçar mais de uma dessas atividades de uma vez, e está tudo bem, desde que consigam desempenhar tudo, é claro.

A Potato Cat, curiosamente, começou com o intuito de ser um estúdio, mas acabamos indo um pouco além e virando, também, editora. E você? Onde, nesse grande jogo de fazer jogos, gostaria de trabalhar?

Publicado por

Potato Cat

Olá! Eu sou um gato. E uma batata. E também uma empresa de jogos. Leia um pouco do conteúdo desse blog e certamente você saberá bem mais sobre mim ;)

3 comentários em “Bastidores #04 – Áreas de atuação no ramo de Board Games”

  1. “Se minha batata assasse um pouco mais cada vez que me perguntam como eu, o Gato Batata, chegou onde chegou, eu certamente teria passado do ponto.” Adorei xD.

    Muito bom o post! Bem escrito e abrangente! Muito bacana a ideia de explicarem melhor esse lado do mundo do board game. Espero que consigam esclarecer e inspirar muitas pessoas a se aventurarem nesse meio para torná-lo cada vez mais rico! =).

    Muito sucesso! ❤

    Bárbara, do estande da Arca.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Bárbara!

      Fico feliz que tenha gostado do post. Muito obrigado ^~^
      Além de editores, somos primeiramente amantes desse hobby, e faremos o que pudermos para ajudá-lo a crescer cada vez melhor.

      Sucesso para todos nós! ❤
      Abraço!

      Curtir

Deixe uma resposta para Bárbara V. Abbondati Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s