Resenha do Gato #03 – Anime Saga

Já percebeu como existem alguns jogos, filmes, livros e outras obras que parecem que “foram feitas pra gente”? É quase como se o autor tivesse nos estudado por um tempo e, depois de muita meditação (e um pouco de magia negra), criado uma arma perfeita para nos atingir direto no coração. A verdade, meu caro amigo de carne e osso, é que ele talvez possa ter feito isso mesmo.

Uma das importantes tarefas de um gato batata, e, logo, de game designers no geral, é o estudo do público ao qual o seu jogo se destina. Porque uma coisa é fazer um jogo com uma temática bacana, outra coisa é fazer com que as coisas se encaixem num jogo perfeitamente de modo que tudo faça sentido para quem for fã daquela temática.

Por isso, hoje vamos falar de um projeto nacional pensado e projetado para seu público: o Anime Saga, da Arcano Games. Jogo este que se encontra em financiamento coletivo no Catarse agora mesmo, e espera sua colaboração para se tornar realidade. Vamos para a jornada?

Uma jornada heroica!

Bem, antes de qualquer coisa, é preciso entender que o ato de “estudar o público” não parte do nada. Afinal, você precisa escolher um público, e isso envolve análise de mercado.

É verdade que há um tempo que vemos o BOOM dos jogos analógicos aqui no Brasil. Novos estúdios surgiram, novas editoras, distribuidoras, lojas, e tudo mais. O foco da nossa conversa, no entanto, não é como isso aconteceu, ou os números que envolvem essa afirmativa, mas sim o que essa sensação de “Hey, parece que tem mesmo gente interessada em fazer jogo analógico” causa.

É um mercado em expansão, isso é inegável. E também é inegável que “pescar do mesmo balde” não é uma opção tão inteligente assim. Se todas os estúdios e editoras focarem no mesmo público, duas coisas acontecem: a primeira é que o mercado vai expandir devagar; a segunda é que elas estarão brigando pelo mesmo cliente e, logo, vão acabar em maus lençóis.

Por isso, é importante investir em trazer novos amiguinhos para o hobby. Afinal, quanto mais gente jogando, mais jogos serão produzidos. Quanto mais jogos produzidos, maior a expertise das nossas editoras. Quanto maior a expertise, maior a qualidade dos jogos. Quanto maior a qualidade, mais gente se sente atraída pra jogar. E quanto mais gente pra jogar… Caramba! Mais gente pra jogar!!

O Anime Saga então, logo de cara, já demonstra que veio para dar uma inovada. Sua temática não aborda histórias de guerreiros, ou samurais, ou orcs, mas sim os animes em si que trazem consigo todos esses elementos. Os traços dos personagens, das cartas e tudo mais lembram bastante os famosos desenhos que angariam tantos fãs ao redor do globo. Os elementos, também, são bem pertinentes a esses universos, com desafios, inimigos e até mesmo aqueles episódios fillers da noite no acampamento ou da festinha na praia.

anime_saga
Essa arte das cartas está linda e super temática, não achou?!

Até mesmo as escolhas mecânicas do jogo são justificadas dentro da temática. Nenhum herói, por exemplo, morre de fato, mas tem toda uma cena dramática para chamar pelos amigos e se reerguer para honrar a equipe, forçando os jogadores a perderem 1 turno inteiro para recuperação após chegarem a 0 pontos de vida.

E falando em mecânica, é importante aqui ressaltar a complexidade de Anime Saga, que não é muito grande. E isso por quê? Se você disse “porque eles quiseram”, se enganou. É estudo de público, meu camaradinha humano.

Pense bem. Estamos falando do público que curte, de verdade, um bom anime. Esse público não compreende, em sua maioridade, jogadores de jogos de mesa, não é? Isso quer dizer que o projeto busca trazer novos gamers, e isso quer dizer que eles precisam ser conquistados.

Por isso, a maioria dos elementos de Anime Saga são bem intuitivos. Ataque por dados, habilidades desenvolvidas que lembram um pouco um RPG simples, sistema de pontuação sem muita complicação. Mas, ao mesmo tempo, fazer um jogo que não seja divertido para aquele seu amigo humano que já joga há muito tempo, também não é uma estratégia esperta. Por isso, algumas mecânicas são bem modernas e interessantes, para tentar trazer, de maneira sútil, o melhor dos dois mundos.

Mas, caramba! Do que se trata Anime Saga afinal? Fico contente que tenha se perguntado!

Trata-se da busca de um grupo de aventureiros pelo impedimento dos planos do Lorde das Trevas (a cada partida é um diferente). Para chegar até ele, no entanto, é preciso enfrentar suas armadilhas e servos malignos durante o caminho. Isso tudo se dá através de conjuntos de cartas que os jogadores devem colecionar a fim de contribuir para a vitória de um desafio.

Então trata-se de um jogo cooperativo? Não. Na verdade, cada herói está lutando também para alcançar fama e glória! E, apesar de estarem juntos na batalha contra o mal superior, o vencedor é aquele que se sair melhor na aventura, juntando a maior quantidade de pontos e se tornando o aventureiro supremo.

Quer entender melhor o passo a passo e até ver uma jogatina? Pois Senhor e Senhora Meow, juntos com o Coronel Mostarda e o Danilo Pístola, gravaram um vídeo bem maneiro para te mostrar o funcionamento de Anime Saga!

Bem, como você pode ver, o estudo do público não é “só o estudo do público”, assim como fazer um joguinho não é “só fazer um joguinho”. E isso também é bem importante para se lembrar antes de dizer que um jogo X é ruim. Talvez você só não faça parte do público alvo.

Agora, se vocês me dão uma licencinha, eu e uns amigos temos que derrotar a Rainha dos Elfos Negros antes que ela destrua todas as batatas do reino! (Elfos negros odeiam batatas) Enquanto isso, que tal curtir o Gato Batata (que sou eu) no Facebook e demonstrar seu apoio na batalha contra os elfos negros? Ah, e não se esqueça de apoiar o jogo no Catarse, heim? Vale muito a pena! 

Um abraço embatatado,
Gato Batata

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s